terça-feira, 5 de novembro de 2019

O PODER DE UMA VOZ...


Foto de Rodrigo Silva



Quem nunca, pelo menos uma vez na vida, se "apaixonou" por uma voz? 

Há vozes que nos deslumbram pelo seu som cristalino... outras que nos cativam pelo seu tom grave... outras há que são extremamente charmosas mesmo sendo roucas, mas com muita personalidade. Depois há aquelas que nos apaixonam. Não precisam de ter nada de extraordinário aos olhos dos outros... mas que a nós faz vibrar as nossas células auditivas de forma especial. 

Essas vozes podem vir ter connosco de forma esporádica, até podemos ouvi-las apenas uma vez na vida! Mas por serem especiais ficam gravadas na nossa memória. Podemos encontrá-las através do telefone falando com um desconhecido, pode ser a voz de alguém com quem nos relacionemos profissionalmente, pode ser a voz da empregada do restaurante que nos vem servir à mesa... 

Claro que infelizmente também há vozes que nos irritam, que são desagradáveis e nos ferem o ouvido, que até nos transtornam de todas as vezes que as escutamos. Nunca vos aconteceu de mudarem de canal ou baixarem o som do televisor porque na transmissão está a ar alguém cuja voz não conseguem escutar?

São imensas as situações que podemos vivenciar. Mas são talvez mais marcantes aquelas vozes a quem não conhecemos um rosto associado... porque ficam envoltas de uma magia especial... e a nossa imaginação divaga... tentando descobrir os contornos físicos e psicológicos da pessoa que possui aquela voz tão sedutora e cativante. 

Sou uma apaixonada por vozes. 
E vocês?

46 comentários:

  1. Uma voz que, durante anos, acompanhou sacramentalmente a minha insónia. Uma voz que eu esperava logo a seguir ao noticiário da meia noite. Muito poucas vozes se mantiveram na minha memória (não estou a falar de música) como a deste senhor da rádio. Identifico outras, mas nenhuma me fez ou faz esperar por ela, como a dele.

    Eu empresto-ta um bocadinho ahahahahah

    https://youtu.be/pTFjLxMbEWE

    Boa noite, Clara

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. NN,

      Como deves imaginar, não foi necessário ir ver o link para saber sobre quem estavas a falar. Eu só em tempo de férias conseguia ouvir o OCEANO PACÍFICO até ao final. 🌙 É que em tempo de aulas, tinha de me levantar para estar na escola às oito e meia. 🌞
      Felizmente morava perto e quantas vezes cheguei a ouvir o primeiro toque ainda à porta de casa... heheheheh

      Outra voz da rádio, desse tempo, que eu gostava de ouvir era a do Marcos André... curiosamente (ou talvez não) precisamente a voz que veio substituir o senhor das noites calmas.

      Obrigada pelo link.
      Dou-te ESTE em troca :))


      Beijinhos radialistas
      (^^)

      Eliminar
    2. Também eu levanto cedo, mas durmo pouco, sempre foi assim. Bom para mim que ouvia o programa todinho :-)

      Beijinho

      Eliminar

    3. Sortuda... ou talvez não!

      😘🌸

      Eliminar
  2. Apaixonada não sou, mas a voz de uma pessoa fica mais depressa gravada na minha memória do que a cara do que o seu rosto‼

    Boa noite 🌃

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Teresa,

      Isso também me acontece.
      Agora, desde que a tecnologia nos avisa quem está "do outro lado da linha" quando toca o telefone, já não posso fazer isso... mas dantes, sempre que alguém conhecido me telefonava, eu nunca errava a identificação da voz que do outro lado simplesmente dizia "estou"?!


      Beijinhos curiosos sobre como a tua voz soará
      (^^)

      Eliminar
  3. Adoro vozes.
    Assumo-me como apaixonado por elas. E se o rosto não corresponde ao ideializado, a voz prevalece.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Insensato,

      Felizmente alguém que me compreende! 😊
      No tempo dos Jardins de Afrodite (o meu blogue anterior) cheguei a ter lá a minha minha voz num post. Depois não sei o que aconteceu ao sítio onde tinha alojada a gravação, e o audio que lá tinha... esfumou-se!
      Acho que só quem me conhecia chegou a entender que era eu na gravação a cantar o "Eu sei que vou te amar"... numa versão mais próxima da da Ana Carolina do que da Maria Creuza.
      Enfim... devaneios musicais meus! heheheh


      Beijinhos companheiros
      (^^)

      Eliminar
    2. Tenta usar o soundcloud ;)

      Eliminar

    3. Por acaso já cheguei a usar o Soundcloud, em tempos ainda lá mais atrás, esses sim que já lá vão!! Até foi uma experiência gira, eu a declamar uma poesia ao estilo da Natália Correia (lol), poesia essa que uma amiga minha me escreveu e publicou no seu blogue com a minha voz.

      Que saudades me bateram agora...
      (^^)

      Eliminar
    4. No meu velho Sapo (bahhh), naquele onde dizem haver gente por dentro, mas não referem a censura/ausência de democracia, tinha-o feito com 2 excertos de Al Berto. Percebi que ao invés de ouvir, pelo menos naquele caso, preferiam temas de "queridinhas", "gratidão" e outras mariquices como se todos nós fossemos 100% perfeitos.

      Eliminar

    5. Tens de repetir a experiência...
      Peço-te é que depois me avises. Não consigo estar presente como gostaria a visitar os amigos... e pode passar-me despercebida.
      Já escutei a tua voz gravada... e acho até que deves ter muito jeito para ler poesia.

      (^^)

      Eliminar
    6. Bolas, fizeste-me corar.

      Eliminar
  4. É interessante o que acontece com as vozes da rádio. Ouvimo-las e imaginamos um rosto que não tem nada a ver com o real dono da voz. Embora isso aconteça cada vez menos pois hoje em dia o espaço mediático e as redes sociais são excessivamente visuais pelo que rapidamente ficamos a conhecer os locutores.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Luísa,

      É verdade sim! 😊
      E mesmo sem estar a falar de vozes da radio, eu por vezes apanho grandes "desilusões" porque as vozes são maioritariamente mais apelativas do que o aspecto físico das pessoas.
      Mas a ALMA de uma pessoa está mais na voz do que no rosto ou no resto do corpo. Por isso uma voz me diz muito mais que uma cara.


      Beijinhos com saudades de te escutar
      (^^)

      Eliminar
  5. Tenho um defeito
    e não é auditivo
    detesto de me ouvir
    quando digo o que digo

    Depois,
    não separo
    A voz que diz, daquilo que é dito
    A voz que canta, daquilo que é cantado
    A voz que grita, daquilo que a faz gritar

    Mas concordo contigo
    ou não tivessem as sereias
    o encanto do seu canto

    (a voz, é como a
    impressão digital
    cada um tem a sua,
    e não dá p´ra enganar)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Rogério,

      Estranharmos a nossa voz não é incomum... e requer uma habituação prévia.
      Gostei imenso do teu comentário e concordo totalmente com o remate final.
      Por isso ainda ali em cima à Luísa falei da alma que cada um de nós tem na voz.


      Beijinhos ditos, cantados e gritados
      (^^)

      Eliminar
  6. Também sou uma apaixonada por vozes e também tenho vozes que me fazem sonhar e outras que até me põem os cabelos em pé.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Elvira,

      Como a entendo!
      Havia uma voz que felizmente deixei de a ouvir (não vou citar o seu nome)... era de um dirigente desportivo que deixou de ser mediático e que sempre que na televisão passava alguma peça jornalística em que se ouvia a voz dele, eu corria para o comando do televisor! hehehehe
      E naquele caso específico, fazia exactamente o que o Rogério ali em cima referiu, também não dissociava a voz das coisas que ela dizia! É que em ambos os casos eram abomináveis! 😊

      (e pensar que quando nós nos conhecemos, eu quase não consegui escutar a sua voz...)


      Beijinhos e saudades
      (^^)

      Eliminar
  7. Sempre fui apaixonada por vozes.
    Uma voz que me encanta, quando o oiço a narrar os livros-áudio, é a de Zachary Webber.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Catarina,

      Fui ouvir a voz do Zachary... e é de facto muito agradável (para não dizer até sedutora!) 😊
      Não admira que ele, com o seu trabalho e a sua voz, até já tenha sido premiado!
      (the "looks" are also very nice)


      Beijinhos em tons de azul
      (^^)

      Eliminar
    2. Pensei que iria conhecer muitas vozes sugeridas por todos os comentadores. Afinal, não tenho nenhuma nova para ouvir. Dá-me um exemplo de uma voz bonita que eu possa ouvir no youtube. :))

      Eliminar

    3. Só pode ser uma? 😊
      Pensando em vozes masculinas, pensei em várias... No Rogério Charraz (músico), no Diogo Infante (actor)... mas há uma que junta muitos factores interessantes e que julgo que vais gostar. Conheces o Ricardo Carriço? Manequim, músico, actor, apresentador... só talento! E uma voz...

      Espero que os teus ouvidos gostem da minha selecção.
      (^^)

      Eliminar
    4. Obrigada, Clara. Se a postagem era sobre vozes, exemplos eram necessários...
      Procurei no youtube por uma entrevista com o Rogério. O timbre da voz é diferente quando falada e cantada. Gostei. A do Diogo Infante, gostei muito. A do Carriço, gostei muitíssimo.
      Desnecessário será dizer que nunca tinha ouvido falar neles. Assim, tive a oportunidade de os conhecer.


      : ))

      Eliminar

    5. Sabia que ias gostar!
      Obrigada por ajudares a enriquecer esta publicação!


      Beijinhos em voz matinal
      (^^)

      Eliminar
  8. A única razão para eu gostar de andar rouco.
    Nesses dias gosto da minha voz, nos outros não.
    Beijinhos sem rouquidão

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Pedro,

      Uma voz rouca pode ser muito sexy... como pode ser um martírio para os ouvidos dos outros.
      Mas como nunca te ouvi rouco, não sei qual é o teu caso. 😁


      Bejinhos cristalinos
      (^^)

      Eliminar
  9. Não fosse eu uma eterna romântica...
    Lembrei-me agora nesta pequena semelhança entre a voz e as cartas escritas à mão. Coisas minhas, assim tontitas.

    Beijo em tons de carmim selado numa carta :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Perséfone,

      Olha que essa associação de ideias não é assim tão tontita!
      Eu ainda namorei por carta (sou muito antiga! hehehe)... tenho de as procurar... vão dar uns belos momentos de nostalgia.


      Adorei o teu beijo...
      Um enorme para Ti
      😘🌹

      Eliminar
  10. Gosto de vozes e de as ouvir mas há dias em que só ouço os miados dos meus gatos e vozes coadas por sistemas difusores.
    Infelizmente é a voz a 1ª coisa que temos dificuldade em recordar quando alguém muito querido nos morre!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Leo,

      Interessante apontamento de reflexão esse que sugeriste.
      A voz não é tão tangível como um rosto do qual até se calhar temos imensas fotografias... mas acho que ela estará sempre presente no âmago do nosso ser, mesmo que misturada com todas as outras memórias.


      Um beijinho imenso Amiga
      🌺

      Eliminar
  11. Olá Clara, falando ou escrevendo sobre vozes, até te digo que gostaria de experimentar outra! oiço tanta vez alguém a dizer-me, "soube logo que eras tu, conheci logo a tua voz!" olha que sorte a minha, eu que gosto de fazer surpresas!…

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Angela,

      ahahahah...
      É que é isso mesmo! A tua voz é inconfundível!
      Mas isso é bom... é a tua impressão digital sonora! Há outra coisa em ti que te torna inconfundível... sabes o que é? O teu sorriso! 😊


      Beijinhos à espera de uma surpresa tua
      (^^)

      Eliminar
    2. Até penso que já vim programada para as tecnologias de reconhecimento de voz! imagina eu a dizer "Ok, Google", eh eh eh

      Eliminar

    3. Não me digas que foste tu que emprestaste a voz à ALEXA portuguesa! 😃
      É que se for o caso peço já uma ao Pai Natal este ano! 🎄



      Eliminar

    4. emprestar, emprestar a voz, não emprestei ! podem é ma ter roubado?!
      isto anda por ai um submundo
      mas que registam sons, registam, como por aqui se diz
      com tecnologias performantes que nos deixam mudos e de queixo caido! kkkkkkkkkkkk
      https://www.publico.pt/2019/04/11/tecnologia/noticia/funcionarios-amazon-estao-ouvir-colunas-alexa-captam-1868960

      Eliminar
    5. 😲 What!?
      Mamma Mia!! Espiões à descarada dentro de portas e debaixo do nosso nariz!?
      O Big Brother está a ir longe demais!

      Retiro o que disse em relação a pedir uma coisa dessas ao Pai Natal! Safa!!
      hehehehe

      Eliminar
    6. eh eh eh !isso é didático
      ! o artigo explica que ela tem de aprender a não chamar os bombeiros quando ouve grunhidos humanos

      Eliminar
  12. Há vozes e risos irritantes, por acaso estou-me a lembrar de uma conhecida apresentadora que antes estava na TVI e depois "mudou-se" para a SIC.

    Olá, Clara:)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Legionário,

      É verdade sim! 😊
      E uma voz que te deixe "no céu"?! Queres partilhar aqui?


      Beijinhos celestiais
      (^^)

      Eliminar
  13. Como em tudo o que nos cerca, há vozes para todos os (des)gostos...
    O maior mistério, para mim, é imaginar a voz que terão as pessoas que conheço apenas na blogosfera. Como será a voz da Clara, por exemplo?
    Clara, continuação de boa semana.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Jaime,

      Eu tenho o privilégio de conhecer a voz de maior parte das pessoas que me visitam aqui no blogue. Ora isso quer dizer que essas pessoas também conhecem a minha.
      Acho que tenho uma voz normal, sem nenhum atributo que a distinga em particular.
      Por acaso, no passado, cheguei a emprestar a minha voz em alguns projectos aqui na Blogosfera... um deles foi para um gingle de uma rubrica audio que um amigo meu tinha no seu blogue.


      Obrigada Jaime, bom fim de semana... mesmo debaixo de chuva!
      Beijinhos abrigados
      (^^)

      Eliminar
  14. Querida Clara, que bom bocadinho do meu dia passei lendo o teu texto e todos os comentários ao mesmo.
    Eu adoro vozes. Acho que me ligo a alguém primeiro pela voz e só depois pelo resto...
    Da minha, que já ouvi gravada, não gosto! Da tua, ainda não sei, mas um dia irei ouvi-la e depois te direi.
    Concordo com os últimos versos do poema do Rogério. Rogério que nunca ouvi, nem sequer virtualmente conheci. Um dia, quem sabe!
    Beijo, bom fim-de-semana (tu com mais frio aí, que eu por aqui).

    ResponderEliminar
  15. Boa tarde:- Também me considero apaixonado por uma voz: A minha. Outras existem que muito admiro. E são tantas, tantas, tantas.
    .
    Votos de um feliz fim de semana

    ResponderEliminar
  16. Durante anos fui apaixonadíssima, pela sedutora voz do João Chaves, do programa de rádio "Oceano Pacífico"... e pelas suas escolhas musicais, evidentemente... simplesmente soberbas!...
    Olá, Clara! Depois de uma longa ausência, estou de volta, ainda que muito devagarinho, aos espaços dos amigos aqui da blogosfera!...
    Estimando que tudo esteja bem contigo!...
    Beijinhos! Bom fim de semana!
    Ana

    ResponderEliminar

Por favor deixem aqui os vossos comentários pois são eles que valorizam cada publicação. 👍
Os comentários aqui deixados apenas com intuito publicitário serão eliminados.